segunda-feira, 22 de setembro de 2014

GENTE QUE NÃO SE CONTENTA COM NADA



Há gente que não se contenta com nada. Parece que há cada vez mais gente que não se contenta com nada. Há tanta gente que não se contenta com nada que estamos cercados de parzinhos que não se contentam com nada. Mas quando dois que não se contentam com nada se juntam há um clique muito estranho e especial e os dois continuam a não se contentar com nada, mas contentam-se um com o outro. Depois têm aqueles momentos de contentamento um com o outro em que nem sequer precisam de dizer um ao outro o que não os contenta – como um filme de que toda a gente acabou de gostar, ou um jantar – e ficam só com aquela cara de meh. Aprendemos a ignorá-los, mesmo quando falam. Só fala um pelos dois. Ele ou ela. Quando ele fala, ela fica a mexer os dedinhos, com cara de que ele nunca a deixa falar. Quando ela fala, ele fica com cara de ser um tédio, mais uma vez, ouvi-la a dizer o que já se sabe, ou seja, o que ele pensa. Não foram feitos um para outro, mas vão-se fazendo.

Sem comentários:

Publicar um comentário