quinta-feira, 2 de outubro de 2014

DEZ COISAS BOAS


Fui tomar o pequeno-almoço ao Quiosque Refresco do Camões. Uma empada e um chá de Jasmim gelado. Armazenei para o almoço uma empada de curgete (ou courgette, amigas mais finas) e uma sandes de queijo de cabra com pasta de azeitona.




























O quiosque plantado na hora de ponta é como uma estufa no meio da selva. Calmo e temperado, enquanto os elefantes passam e os macacos gritam. O meu horário é outro. Arranco mais ou menos quando quero, e páro quando posso, ou quando quero, mas sem hora certa.


As horas certas é que me lixam, passe a expressão.




 


Peguei na Lux Woman, que é o meu adoçante. Abro logo na Ana Cáceres Monteiro. Quem sabe sabe, o que é que se há-de fazer.

“10 Coisas Boas de Ser Casada”… uma peça sobre o que o próprio nome indica, do maior interesse para quem já anda com vontade de acreditar nalguma coisa. Vivi durante sete anos com um namorado e agora tenho uma relação há um ano, daquelas que parece que já nasceram completas.



Apetece discutir com uma amiga cada “coisa boa” desta lista. O meu número preferido é o 8, “Fazer projectos a dois”.

Viajar a dois (1) Crescer juntos (2) Dividir as chatices (3)… é tudo muito bonito. 

Mas fazer projectos tem aquele charme especial do esforço, da coisa por etapas. Do método. Do objectivo concreto. Da procura de algum rigor. Há lá coisa mais sexy do que o rigor a dois.

 


 





body    Bodhi
calças Nanning
botas Dornellas
óculos Elrockstar
bloco NavaDesign
bolsa NavaDesign

Quiosque do Refresco
Largo do Camões, Lisboa

Sem comentários:

Enviar um comentário